Cidades:

Polícia



Publicado em 29 de junho de 2013 | 11:47 | Por Míriam Trento

Aposentada é assassinada brutalmente em Rondonópolis

Vítima trabalhou por 15 anos na casa do prefito Percival Muniz

Polícia em frente a casa da vítima - Foto Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Polícia em frente a casa da vítima – Foto Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Matilde dos Santos, 68 anos, foi assassinada neste sábado (29), em sua residência localizada no bairro Lúcia Maggi, em Rondonópolis.

O capitão Candido da Força Tática, informou que o corpo foi encontrado pelo irmão da vítima, na cama, em um dos quartos da casa. De acordo com o capitão no corpo da vítima há várias perfurações na região toráxica, sendo ocasionada por um objeto cortante, mas que ainda não da para precisar se foi com uma faca.

A polícia também acredita que devido aos indícios a vítima pode ter sofrido estupro. A porta dos fundos da residência de Matilde foi arrombada.

Uma vizinha contou que a vítima morava no local há sete anos e que era uma pessoa traquila e religiosa. A vizinha disse que não sabia de nenhum desafeto de Matilde.

 

Atualização

Matilde do Santos trabalhou na casa do prefeito Percival Muniz por cerca de 20 anos, como babá de seus filhos. O prefeito esteve no local do crime para acompanhar o trabalho da polícia.

Muniz afirmou que fazia quatro anos que Maltide havia se aposentado, mas que durante os anos que trabalhou em sua casa era responsável e cumpria com todas as suas obrigações. “Ela criou meus três filhos. Não entendo o porque de tanta violência, um crime bárbaro”, disse o prefeito.

A Polícia confirmou que o objeto usado no crime foi uma faca, encontrada dentro da casa da vítima. Acredita-se que o autor do crime era uma pessoa conhecida da vítima, já que Matilde passava a semana inteira dormindo na casa dos sobrinhos e que apenas na sexta retornava a sua casa.

Prefeito em frente a casa da vítima. Ele acompanhou o trabalho da polícia - Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Prefeito em frente a casa da vítima. Ele acompanhou o trabalho da polícia – Foto: Ronaldo Teixeira / AGORA MT

Comentário estão fechados para este post no momento.

Rádio AgoraMT