Melhoria na condição de atendimento ao usuário é a principal reivindicação dos servidores do Ciretran de Mato Grosso, que paralisaram as atividades nesta terça-feira (28.06), após várias tentativas de negociação com o Governo do Estado.

Os servidores das agências de Rondonópolis também acataram a orientação do Sindicato dos Funcionários do Detran de Mato Grosso (SINETRAN) que publicou em 21 de junho no Diário Oficial o indicativo de greve da categoria, nos dia 28 a 30 de junho e caso não haja negociação a greve será deflagrada.

Marcelo Ferreira, funcionário da 2ª Ciretran, explicou que o manifesto não tem intenção de prejudicar a população e sim buscar condições de atendimento ao usuário, pois a agência está em situação de precariedade. “Estamos trabalhando em condições caóticas, a máquina que imprime senha está quebrada a meses, para conseguirmos um computador é necessário ajuntar várias peças de aparelhos encostados no almoxarifado para termos um computador e desenvolvermos nossas atividades, a infraestrutura do prédio está lamentável não é feito manutenção nem nas lâmpadas que  são queimadas”.

Leia também:  É preciso ter coragem para ser você

Outra reclamação dos servidores é que os valores arrecadados pelo DETRAN não estão sendo aplicados integralmente no trânsito e dividido com outras secretarias, pois se fosse feito a qualidade nas ruas e avenidas seria outra, sem falar na redução dos acidentes.

Os servidores reivindicam também a implantação do Plano de Cargos, Carreira e Salários (PCCS), pois os funcionários do Detran ainda não possuem, diferente de outras categorias do governo que já foram beneficiadas.

De acordo com os trabalhadores 30% das atividades estão em funcionamento, para realizar serviços internos e casos de emergência, como por exemplo, o 1º emplacamento e a nota fiscal de compra e venda de veículos que estejam com vencimento previsto para o período de indicativo de greve. “De maneira alguma queremos prejudicar a população, mas é necessário que algo seja feito para que possamos oferecer condições mais dignas de atendimento aos usuários”, concluiu Marcelo.

Leia também:  Em jantar dançante, Marinho & Seus Beat Boys comemoram 50 anos de história
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.