Os espumantes são considerados as grandes estrelas dos vinhos nacionais, já que foram agraciados pelo clima úmido das regiões do Sul do Brasil e revelam rótulos únicos. Mas existem muitos outros vinhos elegantes e equilibrados produzidos no País que merecem ser degustados neste inverno. “Há excelentes tintos com aromas convidativos, bom corpo e harmoniosos para aquecer a conversa, preparar o paladar e esquecer o frio”, diz Felipe Barreto, sommelier do restaurante Maní, em São Paulo.

Os chamados “vinhos de meditação”, que são ideais para beber sem comer, roubam a cena em encontros de amigos ou antes de jantares. “Os vinhos nacionais estão cada vez melhores. Autênticos e exuberantes, os rótulos exprimem excelência, qualidade e tipicidade dos produtores nacionais”, diz Barreto.

O sommelier indica, para o início de uma refeição, abrir uma garrafa de vinho branco para afinar o paladar. “Degustar um aveludado Chardonnay é uma rica maneira de se começar bem uma noite”, comenta Barreto. Para continuar a noite, seja só bebendo ou quem sabe petiscando, ele selecionou sete bons vinhos nacionais. “Prove estes tintos com humildade e sem preconceito, pois certamente irão surpreender com a alta qualidade”, afirma.

Leia também:  Pai se distrai regando jardim e gêmeos de 1 ano e 2 meses morrem afogados

As boas pedidas

Lovara Merlot (2004)
Trata-se de um vinho tinto, seco, de corpo médio e que preserva as características da fruta, já que não passa por madeira. De cor rubi intensa, tem aromas de cereja, passas, cravo, eucalipto e framboesa. É importante pontuar que a Lovara é uma empresa da família Benedetti Tecchio, que produz vinhos desde 1967 na Serra Gaúcha, sendo uma das vinícolas mais antigas do Brasil. Hoje, faz parte da Miolo Wine Group. Mais informações no site: www.lovara.com.br.

Pizzato DNA99 Merlot (2005)
A vinícola Pizzato alcançou com seu vinho DNA99 Merlot uma das máximas pontuações na avaliação de críticos internacionais. Este rótulo tem aromas de frutas vermelhas flambadas, geleia, especiarias, baunilha e ameixas secas. É encorpado e tem retrogosto prolongado. Mais informações no site: www.pizzato.net.

Pizzato Merlot (2007)
Excelente pedida para quem gosta da uva Merlot. Com visual vermelho rubi, apresenta aromas de frutas vermelhas maduras, especiarias e um leve achocolatado. É um vinho interessante para acompanhar carnes vermelhas temperadas, carnes de caça e queijos pouco gordurosos. Mais informações no site: www.pizzato.net.

Leia também:  Rico e Lázaro | Joana fica chocada ao saber que Zac chantageou Matias

Vallontano Reserva Cabernet Sauvignon (2005)
Este vinho 100% Cabernet Sauvignon é elaborado somente em safras especiais, como a de 2004. Este tem notas de frutas vermelhas e pretas, café, tabaco e compotas. Os aromas provêm das barricas de carvalho, onde o vinho é maturado por um ano, lembrando especiarias. Encorpado, é agradável ao paladar e acompanha pratos à base de carnes como picanha, cordeiro e grelhados em geral, além de massas com molhos de queijos fortes e lasanhas.

Marson Gran Reserva Cabernet Sauvignon (2004)
Este vinho é uma homenagem aos 118 anos da família Marson no Brasil. Para a elaboração, foram usadas 50% de Cabernet Sauvignon e 50% de Merlot, todas produzidas pelo sistema de espaldeira, ou seja, com poda forçada para controlar a qualidade dos frutos. O rótulo combina com massas com molhos potentes, churrasco, cordeiro, coelho, pato e queijos curados. Mais informações no site: www.cavemarson.com.br.

Leia também:  Juíza é morta pelo esposo delegado após discussões em apartamento

Joaquim Cabernet Merlot Villa Francioni (2006)
Vermelho rubi intenso e com reflexos violáceos, é um bom exemplar da mistura das uvas Cabernet Sauvignon e Merlot. Tem intensidade aromática que lembra frutas frescas e especiarias. Equilibrado e harmônico, tem boa persistência no final. Harmoniza bem com carnes marcantes, como cordeiro e avestruz, além de massas com molho vermelho. Também cai bem com queijos de média maturação. Mais informações no site: www.villafrancioni.com.br.

Salton Classic Cabernet Sauvignon (2006)
Este belo exemplar da uva Cabernet Sauvignon tem coloração roxa, lembrando amora bem madura. Conta com aromas de frutas vermelhas, além de pimenta, eucalipto e violeta. Fermentado por 15 dias e amadurecido por seis meses em barricas de carvalho norte-americanas, é ideal para acompanhar carnes vermelhas, massas com molho vermelho e queijos. Mais informações no site: www.salton.com.br.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.