A implantação do estacionamento rotativo no quadrilátero central será o tema da audiência pública promovida pela Câmara Municipal de Vereadores na próxima quinta-feira (30), à partir das 19h30, na Casa de Leis. De acordo com o presidente da Comissão Permanente de Trânsito do Poder Legislativo de Rondonópolis, o vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira – Fulô o objetivo é promover a participação da sociedade civil organizada, moradores, lojistas e funcionários na discussão sobre o assunto. O projeto será implantado o mais rápido possível e receberá a nomenclatura “Rotativo Rondon”.

A audiência é uma propositura dos parlamentares que compõem a Comissão Especial de Trânsito da Câmara, vereadores Olímpio Alvis, Reginaldo Santos e pelo vereador Fulô. “Assim que for implantado, a população tem que estar ciente de que pagará um valor proporcional ao tempo que permanecer ocupando a vaga. O tempo de uso será cronometrado pelo paquímetro e uma empresa autorizada vai explorar esse serviço. O estacionamento rotativo é essencial para que as pessoas possam estacionar o carro no centro da cidade”.

Leia também:  Nova proposta do IPTU vai reduzir imposto de cerca de 48 mil famílias

Os vereadores defendem que toda população esteja envolvida nessa discussão para que contribuam com o projeto, que busca solucionar o problema da falta de vagas para estacionar no centro da cidade. O vereador Reginaldo Santos que esse é o momento ideal para levar esse projeto ao conhecimento da sociedade. “O convite para participação nessa audiência foi estendido à toda a sociedade. Fizemos um trabalho de mobilização para que esse convite chegasse ao diversos segmentos sociais”, ressaltou ele.

Reginaldo enfatizou que o Projeto de Lei para implantação do Rotativo Rondon é do poder Executivo e contou com a participação do secretário Municipal de Trânsito, Rodrigo Lugli que preocupou-se em discutir os detalhes com as entidades do setor do comércio, como Acir e CDL.

Leia também:  Por determinação contratual, serviço tem novas tarifas

Olímpio Alvis disse que a audiência é uma oportunidade para divulgarem à população que em breve será cobrado para estacionar no centro da cidade. “Estamos alertando de que está sendo implantado esse projeto. Acreditamos que em dois meses estará em funcionamento”, destacou o vereador.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.