Foto: Assessoria

O Brasil deu um passo importante em direção à fase final da Liga Mundial de Vôlei. Apesar da desatenção no terceiro set, a seleção brasileira foi superior durante boa parte do jogo e venceu os Estados Unidos por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 25/20, 21/25 e 25/19. Com o resultado da noite desta sexta-feira, em Tulsa, a equipe de Bernardinho chega a 24 pontos no Grupo A e está a um ponto da vaga na etapa que será disputada em Katowice, na Polônia.

Faltando três rodadas para o término da fase de classificação, a seleção brasileira consegue a vaga matematicamente com mais um ponto. Para isso, pode até perder seus últimos três compromissos, desde que um deles seja por 3 sets a 2. A primeira chance será neste sábado, às 21h (de Brasília), outra vez contra os Estados Unidos, em Tulsa. O SporTV transmite ao vivo.

Leia também:  Rodada "madrasta" coloca Luve de volta ao Z-4

Quando o primeiro set estava empatado em 6/6, Leandro Vissotto sentiu uma fisgada na virilha e deixou a quadra. Para sorte do Brasil, Theo entrou inspirado. O oposto foi o maior pontuador do set (seis pontos) e ajudou a seleção a comandar ditar o ritmo da partida.

Porém, apesar da superioridade, o time de Bernardinho não conseguia se distanciar. Em uma sequência de saques de Stanley, os americanos conseguiram complicar ainda mais e empataram o duelo em 20/20. Mas o Brasil cresceu na hora certa. Sacando bem e aproveitando os contra-ataques, a seleção marcou quatro pontos seguidos e fechou o set em 25/21.

O Brasil manteve o bom ritmo no início do segundo set e, sem grandes problemas, abriu 4/0. Mas, depois de um pedido de tempo, os Estados Unidos se recuperaram, empatando a parcial. Mas Murilo resolveu aparecer e, com quatro pontos seguidos do ponteiro, além de um bloqueio de Rodrigão e um ataque de Théo, a seleção conseguiu abrir cinco pontos: 11/6. Os americanos até tentaram endurecer no fim do set, mas já era tarde: 25/20 para os brasileiros.

Leia também:  Colorado vence fora de casa e ganha moral na Copinha

A equipe brasileira começou mais uma vez melhor no terceiro set, abrindo 5/2. Mas os Estados Unidos se recuperaram rapidamente e, depois de equilibrar o duelo, conseguiram abrir boa vantagem, se aproveitando dos erros da seleção: 18/13. Com a entrada de Marlon e a estreia de Dante na Liga Mundial, a equipe de Bernardinho até ensaiou uma reação, diminuiu a distância para dois pontos, mas não evitou o sucesso do adversário: 25/21.

Os brasileiros não se abateram e começaram o quarto set com agressividade. Mas, depois de abrir três pontos, o time deixou os donos da casa empatarem. O equilíbrio durou até a metade do set. Depois que abriu 14/10, o Brasil não deixou mais o rival se aproximar. Contando com grandes atuações de Theo (maior pontuador do jogo com 24 pontos), Murilo e Giba (17 pontos cada), a seleção fechou a parcial por 25/19 e garantiu a vitória por 3 sets a 1.

Leia também:  Atleta rondonopolitana é ouro no salto em altura
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.