A empresária Sandra Regina Gatay Dib, foi assassinada a pouco instantes, quando estava dentro do seu carro, um Renault Clio preto, parada  em um sinal, na  Av. Ponce de Arruda  esquina com à rua Aeroporto   bairro Cascalhinho.

Segundo informações de testemunhas, a empresária estava aguardando o sinal verde,  parada atrás de um outro carro,  quando uma moto preta,  com dois ocupantes parou ao seu lado e um dos ocupantes disparou três tiros contra Sandra.  Ainda de acordo com informações colhidas pela reportagem do AGORA MT no local,  pelo menos dois tiros acertaram a cabeça de Sandra.

A empresária foi socorrida por uma unidade do SAMU,  mas ao dar entrada no Hospital Regional de Rondonópolis,  já estava morta.

Leia também:  Morre avó de Miss Jakelyne Oliveira

Sandra estava levando uma funcionária para casa, quando o fato ocorreu,  a empregada da empresária,  não teve ferimentos e abalada disse que foi surpreendida. “Só percebi o que aconteceu depois que a moto foi embora, foi tudo muito rápido”,  disse a empregada, que teve seu nome preservado para evitar ameaças e não atrapalhar as investigações.

A polícia já trabalha com a hipótese de execução, devido as caracteristicas do crime, o delegado,  Henrique Meneguelo, da Divisão de Crime Contra Pessoa e o delegado regional, Lauriberto   Donizete de Godói,  estão acompanhando o caso de perto e  já começaram as investigações com as informações apuradas junto as testemunhas.  Sandra era dona de uma agência de automóveis , era casada com o advogado Samir Dib e deixa um filho.

Leia também:  Frente fria em Rondonópolis deve chegar aos 8ºC, diz Inpe
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.