Adonias Fernandes de Souza (PMDB), vereador pelo segundo mandato afirma que tem como projeto principal se tornar o prefeito de Rondonópolis. Adonias assumiu como vereador pela 1ª vez em 2004 e desde essa época vem se preparando para garantir o seu espaço dentro do meio político.

O vereador é rondonopolitano, vive com a esposa Sandra Elisa Turqueto há 13 anos. Adonias falou que sempre teve uma boa convivência com seus quatro filhos e agora também com o neto. Ele que chegou a ser jogador de futebol profissional pelo União Esporte Clube quando adolescente e nem imaginava que iria abandonar a carreira de atleta para mais a frente se dedicar a política.

Administrador e também bacharel em Direito, Adonias, comentou durante a entrevista que se considera um vereador atuante, que luta pelo bem comum da sociedade.

– O que gosta de fazer durante as suas folgas?

Leia também:  Vereador Thiago Silva atende comunidade do Tancredo Neves através de gabinete itinerante
Vereador Adonias, aos 16 anos, como atleta profissional do União

O futebol ainda é uma paixão, todos os domingos vou jogar bola com meus amigos. Também adoro acompanhar os meus times, além de fã do União, sou torcedor de carteirinha do Flamengo. Sou uma pessoa que saio pouco de casa, então, sempre nas folgas estou com minha família.

– O que o levou para a carreira política?

Iniciei no Movimento Comunitário em 1993, quando fui eleito presidente da Vila São Francisco por dois mandatos consecutivos, depois assumi como representante Regional na Uramb, fui assessor da presidência da Femab e o primeiro presidente da Unisal. Esses cargos foram me mostrando que eu poderia ajudar as pessoas e elas passaram a me procurar para falar sobre as dificuldades de conseguir algo para as comunidades, então vi que era a hora de me candidatar para poder oferecer mais aos cidadãos dessa cidade.

Leia também:  Projeto que reduz salários de comissionados gera polêmica em Itiquira

Você já está a sete anos dentro da câmara de vereadores, o que você pode destacar como a sua maior conquista como parlamentar?

Foi o projeto “Doe Sangue e Salve Vidas” que tem dado muito certo. O objetivo é incentivar as pessoas a doarem sangue e como recompensa elas podem conseguir descontos em ingressos de eventos das cidades e a isenção de taxas de concursos públicos, basta apresentarem o comprovante. Outro projeto que é importante lembrar é o Samu Aéreo que caso seja concretizado vai colaborar e muito com a nossa cidade.

Na sua visão, fazendo uma análise nos principais setores da atuação executiva como Educação, Saúde e Recursos. O que melhorou e o que piorou em Rondonópolis?

A atual administração teve vários acertos e vários erros, fez muito, mas tem muito ainda a fazer. Investiu na habitação, avançou na limpeza da cidade, tanto que esse ano os casos de dengue foram basicamente pequenos em relação ao ano passado. Agora a Saúde é uma situação que precisa ser melhorada com urgência, aumentar números de leitos, humanizar os serviços e também temos que incentivar a criação de hospitais particulares para que não sobrecarregue a rede pública.

Leia também:  Sachetti evita críticas a Taques e repete discurso sobre disputar o governo

– O que você almeja para o seu futuro político?

Tenho o sonho de ser prefeito da minha cidade e estou me preparando para esse momento. Eu tenho procurado me profissionalizar, me informar, já conheço bem Rondonópolis e posso dizer ao longo da minha carreira tenho sido um bom funcionário do povo. Para as próximas eleições ainda não há nada decidido, quero apenas terminar bem o meu mandato, mas estarei preparado para a missão que o meu partido me der.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.