Ganso e Neymar aquecem juntos no treino da Seleção Brasileira na Argentina (Foto: Mowa Press)

O posto de principal estrela da Seleção Brasileira na Copa América já é de Neymar. Mas talvez a maior responsabilidade esteja sobre os ombros de Paulo Henrique Ganso. É dele a missão de vestir a camisa 10 e ser o maestro da primeira competição oficial da era Mano Menezes. Mas será que ele está preparado?

Sou um cara que começou a gostar de ganhar títulos. Espero ganhar mais esse título sul-americano. Seria maravilhoso. Espero fazer jus ao número e à mística da camisa 10 – discursou o meia, que recentemente foi bicampeão paulista, da Copa do Brasil e da Libertadores.

Campeão da Libertadores com o Santos na última quarta-feira, Ganso se recuperou recentemente de uma lesão muscular na coxa direita. Quando convocado por Mano Menezes para a Copa América, aliás, o jogador ainda nem sabia se teria condições. Voto de confiança em alguém que é esperança de sucesso.

Leia também:  União, mesmo com derrota, avança e joga de novo contra o Dom Bosco

O Ganso é diferenciado e tem muita personalidade. Essa cobrança em cima dele existe pela carência da Seleção Brasileira na posição. Mas acho que ele está preparado para suportar tudo isso – comentou o atacante Robinho, companheiro do meia no ano passado, no Santos, nas conquistas do Paulista e da Copa do Brasil.

Em 2010, aliás, por conta do desempenho do camisa 10 nessas duas conquistas, criou-se uma expectativa de que Dunga, então técnico do Brasil, o levaria junto de Neymar para a Copa do Mundo da África do Sul. Mas o treinador não cedeu à pressão popular e os manteve fora da lista do Mundial.

Com o fracasso daquela equipe no Mundial, Dunga foi demitido e Mano Menezes contratado. E logo em sua primeira convocação, o ex-técnico do Corinthians chamou Ganso, que teve ótima atuação na vitória por 2 a 0 sobre os Estados Unidos, em Nova Jérsei. Só que essa foi a única vez que ele atuou com Mano.

Leia também:  União perde em casa e dá adeus ao sonho da Série C

Logo em seguida, pelo Campeonato Brasileiro, Paulo Henrique Ganso sofreu uma grave lesão no joelho esquerdo e ficou seis meses em recuperação. Portanto, não pode mais ser convocado por Mano Menezes, que testou Renato Augusto, Jadson, Carlos Eduardo, Ronaldinho Gaúcho, Thiago Neves, Philippe Coutinho…

Desses, apenas Jadson se firmou e foi convocado para a Copa América. Mas a expectativa maior mesmo é pela presença de Ganso.

O Ganso vai dar mais qualidade ao meio de campo da Seleção Brasileira. Vai dar um toque diferente ao time – opinou o volante Elias.

Mano Menezes, porém, ainda não iniciou o esboço do time titular. Mas é muito provável que Paulo Henrique Ganso seja titular. A tendência, aliás, é que o treinador repita o quarteto ofensivo de sua estreia, contra os Estados Unidos, com o meia, Robinho, Neymar e Alexandre Pato.

Leia também:  Derrota diante do Dom Bosco gerou prejuízo financeiro ao União
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.