Foto Varlei Cordova - Agora MT

Ana Valéria Santos Lima, grávida de seis meses, foi encaminhada ao Centro Integrado de Segurança e Cidadania (CISC), na manhã desta quarta-feira (22/06), sob a acusação de invasão de domicílio, pois a mesma entrou em uma casa que estava desocupada no bairro Cidade de Deus II.

Valéria disse que está desempregada e teve que entregar a casa onde morava, por atraso no aluguel, como a residência em questão no bairro Cidade de Deus estava vazia há mais de dois meses, a gestante entrou na casa juntamente com um filho de um ano e meio.

As casas foram doadas a cerca de três anos, e o atual proprietário da casa, acionou a polícia para retirar Ana Valéria sob a acusação de invasão de domicílio. Ana Valéria ainda presta esclarecimento ao delegado, para posterior decisão.

Leia também:  Três são presos suspeitos de espancar e torturar pessoas
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.