Pelo menos 11 pessoas estão desaparecidas desde que começaram as inundações. (Foto: Noel Celis / AFP Photo)

Pelo menos 11 pessoas foram dadas por desaparecidas e cerca de 50 mil abandonaram suas casas no norte das Filipinas devido às inundações causadas pelas torrenciais chuvas dos últimos dias, indicaram fontes oficiais nesta sexta-feira (24).

As copiosas chuvas produzidas pela tempestade tropical “Meari” começaram no início desta semana e há dois dias afetam também bairros da periferia de Manila, a capital filipina, segundo assinalou o serviço de proteção civil.

O diretor do departamento de proteção civil, Benito Ramos, disse em entrevista coletiva que 3.200 pessoas foram evacuadas em um bairro de Manila durante a noite passada após o rápido aumento do nível de água.

Dos 11 desaparecidos, dez são pescadores de um barco que navegava próximo ao litoral da ilha de Catanduanes, ao leste da ilha de Luzon, quando na terça-feira a tempestade tocou a terra com rajadas de vento de até 100 km/h.

Leia também:  Casal é preso na Rússia por canibalismo e fazer conserva humana com restos mortais

A outra pessoa desaparecida é uma mulher arrastada por uma enchente ocorrida em Bicol, também ao leste de Luzon.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.