Criança que começa a trabalhar logo nos primeiros anos de vida, ou em situação de rua em razão dos pais trabalharem e deixar o filho sozinho em casa e até mesmo a que é encaminhada pelo conselho tutelar são características comuns dos alunos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil (PETI), onde é desenvolvido vários tipos de atividades que podem oferecer possibilidades de futuro melhor e acima de tudo uma infância saudável.

Em Rondonópolis existem cinco pólos na Zona Rural e três pólos no perímetro urbano, além das duas unidades de maior referência, o Espaço Jovem I no Parque da Antártica e o Espaço Jovem Cidadão II na Vila Olímpica, que atendem juntas 1350 crianças e adolescentes com idade entra 6 e 16  anos

Leia também:  Idoso de 80 anos é baleado ao tentar salvar vizinha de assalto

Neirivam Costa, gestora do Peti na cidade, explicou que são oferecidas diversas atividades na tentativa de formar adolescentes e uma população mais sadia, dentre elas estão as aulas de danças, instrumentos musicais e cantos, prática de atividades esportivas como natação, basquete, futebol, artes marciais, artes plásticas, além de apoio escolar.

O professor de sopro, Álvaro Ernesto Heinrich, disse que o primeiro contato com os instrumentos é encantador e muitas crianças querem sair tocando de imediato, por ser algo incomum para realidade que muitos vivem. Com o passar do tempo algumas se destacam de forma surpreendente, pelo desempenho apresentado.

A gestora relata que muitas crianças chegam no programa amarguradas e agressivas, com o passar do tempo recuperam a infância que seria perdida. “É muito gratificante ver a transformação na vida dessas crianças, saber que contribuímos com a formação de cidadãos melhores. Temos exemplos de adolescentes que saíram do PETI e são destaques no karate, balé ou em outras atividades”, pontuou Neirivam lembrando que a rua é muito cruel e que há casos e alunos do programa que já trabalhavam de mula no tráfico de drogas e com certeza o PETI fará diferença na vida de seus alunos.

Leia também:  Rico e Lázaro | Joana fica chocada ao saber que Zac chantageou Matias

De acordo com Neirivam, o programa tem 120 funcionários, desde serviços gerais a atividades especificas que se empenham nos trabalhos com as crianças e suas famílias.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.