Foto: Internet

O governo tem até quinta-feira para apresentar uma proposta de reajuste
Os policiais civis de Mato Grosso protocolaram hoje um documento que se refere a um indicativo de greve. O governo do Estado tem até quinta-feira para apresentar uma proposta de reajuste salarial para que a categoria não paralise os serviços.

O presidente Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil e Agentes Prisionais de Mato Grosso (Siagespoc), Reginaldo Negrão, informou que para a greve ser legal é preciso dar prazo para que o governo apresente alguma proposta, caso isso não aconteça na sexta-feira os trabalhos serão interrompidos.

Há alguns dias atrás, mais de 400 policiais civis de Mato Grosso foram falar com a comissão de segurança do Estado para reivindicar o reajuste salarial. Os serviços chegaram a ficar interrompidos por 48h, funcionaram apenas os plantões emergenciais, mas não houve nenhum avanço no pedido da categoria.

Leia também:  Dia Especial | Hemocentro abre as portas para receber doação de sangue neste sábado
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.