Foto:Assessoria

O governador Silval Barbosa (PMDB) demonstra otimismo em relação ao crescimento da receita e da economia de Mato Grosso e ponderou que o forte controle nas despesas é decorrente da necessidade de se valorizar os gastos públicos, ou seja, torná-los mais eficientes e melhor distribuídos.

“Temos competências a serem cumpridas e o nosso papel enquanto gestores é governar para todos, mas zelar pelos mais necessitados, aqueles que dependem da saúde pública que não está bem, da educação de qualidade e da segurança pública eficiente enquanto executa obras que atendam a demanda do crescimento econômico”, disse o governador lamentando o fato de que mesmo os servidores conhecendo a realidade financeira de Mato Grosso insistem na concessão de reajustes após terem recebido aumentos acima da inflação.

Leia também:  STF autoriza abertura de inquérito para investigar delação de Silval

O executivo lembrou que as receitas espelham uma realidade importante para o Estado, mas que o rigoroso controle das dívidas é que permite a Mato Grosso manter o equilíbrio de sua situação econômica e financeira. “Só temos uma situação privilegiada porque fizemos o dever de casa, ou seja, pagamos as contas em dia, não nos endividamos e estamos trabalhando para estar preparado para enfrentar um crescimento econômico ainda maior com a chegada de novas empresas e indústrias”, disse Silval Barbosa.

Silval salientou ainda que o crescimento econômico não pode e não vai representar para as finanças públicas um descontrole nos gastos. “Não é porque crescemos economicamente que vamos adotar medidas que possam comprometer nossa economia”, frisou ele.

Leia também:  Líder do PSDB faz ameaça e diz, quem votar em favor de Temer em denúncia "vai pagar caro"
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.