Agora é oficial: Wanessa confirmou à coluna de Mônica Bergamo, do jornal “Folha de S.Paulo”, que está grávida de 12 semanas. “Estou me sentindo mais voluptuosa”, disse a cantora de 28 anos, casada com o empresário Marcus Buaiz há quatro.

Wanessa contou que não queria que a gravidez se tornasse pública até completar três meses de gestação, porque temia um aborto. “Toda mulher descobre com aquele atraso básico. Fiz exames e o médico foi aompanhando. No começo é complicado, né? Tivemos que manter o sigilo. Avisamos nossos pais. Meus irmãos eu demorei um pouco. Eles têm namorados e amigos, e eu queria que ficassem quietinhos. Até a 12ª semana tem risco de aborto. Isso me apavorava: falar essa alegria e depois… Deus me livre!”.

A cantora também comentou como foi sua reação quando soube que estava grávida. “Você fala: ‘verdade?’. Aquela surpresa, aquela euforia de coisa boa, uma notícia ‘uaaau’. Veio num momento de estabilidade. Eu e o Marcus  [Buaiz] estamos casados há quatro anos, e agora conseguimos ter um amadurecimento na relação, na casa, nos trabalhos”, disse ela, que ainda não sabe o sexo do bebê.

“O primeiro é o que vier. Meus pais falaram para fazermos surpresa e não saber antes o sexo, mas não sei se vamos aguentar. Não tenho ainda um nome que eu fale ‘uau!’. Eu tinha, mas foram todos ‘roubados’. Os dos meus avós, Francisco e Helena, que são lindos, foram tomados por dois primos. Vou ter que pensar em outros”.

‘Estou me sentindo voluptuosa’

Wanessa já está sentindo as transformações no corpo. “Estou gostando bastante. Pelo menos nesta fase, estou me sentindo mais voluptuosa. Eu era muito pequenininha, então a coxa está ficando mais interessante, os seios. E a barriga vai ficando bonitinha”, contou ela. “Não posso ficar saltitando. Pratico ioga e posso continuar fazendo abdominal. Eu não era de passar cremes e continuo não sendo, mas vou precisar de algo para as estrias. Já comia muita fruta e estou dando um ‘upgrade’ nisso. Carne eu não comia, mas agora como. Tenho que dar um ‘up’ no ferro'”.

A cantora também falou sobre o assalto que sofreu recentemente em São Paulo. Ela estava na avenida Faria Lima quando um ladrão se apoiou no pneu de seu carro blindado e entrou pelo teto solar. “A primeira coisa em que eu pensei foi: ‘será que me assustei demais?’. Fiquei muito elétrica. Mas em nenhum momento desfaleci. Fui muito espirituosa, por incrível que pareça. Tentei acalmar o ladrão. Uma amiga estava comigo, era a quinta vez em que era assaltada. Para mim, foi a primeira. Dei o celular e a minha carteira, pedi a identidade e ele devolveu. Depois, você fica petrificada e com um bom medo de São Paulo. Não achei nenhuma viatura para fazer a ocorrência. E depois nem fiz”.

COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.