Foto: arquivo / AGORA MTO deputado federal e presidente regional do Partido da Republica (PR), Wellington Fagundes, descartou qualquer possibilidade de disputa a prefeitura de Rondonópolis, “Não serei candidato a prefeito, tenho condições de ajudar outro candidato apoiando e colocando toda a experiência dos meus seis mandatos de deputado federal”, disse Wellington.

O deputado já disputou a prefeitura do município, por duas vezes sendo a primeira, pelo PSDB em 2000, contra o então prefeito Percival Muniz (PPS), a segunda vez foi pelo extinto Partido Liberal (PL) em 2004, contra o empresário Adilton Sachetti (sem partido), que contava com apoio do Governador do estado Blairo Maggi (PR) e do prefeito Percival Muniz, que deixava o cargo.

Ainda em 1996, o nome de Wellington chegou a ser considerado para a disputa, contra os candidatos, do PMDB, Dr. Alberto, hoje no PTB e Edmilson Paulista, que disputou a eleição pelo Partido Social Cristão (PSC).

Leia também:  Câmara estuda junto ao Sanear nova tabela de cobrança

2014

Deputado pelo sexto mandato, sendo o mais votado do estado nas eleições de 2010, com 145.460 mil votos, Wellington articula sua candidatura a governador do estado ou para o Senado da República nas eleições de 2014. Em 2014, só a vaga do senador Jayme Campos (DEM) estará sendo disputada, mas há quem aposte que os últimos escândalos envolvendo o nome de Luiz Antonio Pagot (PR) podem colocar em evidência o nome de Wellington para a disputa ao governo do estado, já que o candidato natural a vaga, seria o padrinho político de Pagot, o senador Blairo Maggi (PR).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.