A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) anunciou nesta sexta-feira que fixou em 7,69% o índice máximo de reajuste para os planos de saúde individuais/familiares contratados a partir de janeiro de 1999 ou adaptados à Lei nº 9.656/98.

O percentual incidirá sobre os contratos de cerca de 8 milhões de consumidores, ou seja, 17% dos consumidores de planos de assistência médica no Brasil.

O índice pode ser aplicado após a autorização da ANS para a operadora e a partir da data de aniversário do contrato. O reajuste será feito em contratos com aniversário entre maio de 2011 e abril de 2012.

Em caso de dúvidas, os consumidores podem entrar em contato com a agência por meio do Disque-ANS (0800 701 9656), na internet, pelo site da agência, no link Fale com a ANS, ou se dirigindo até um dos 12 núcleos da ANS distribuídos pelo país.

Leia também:  Condenada por 26 anos de prisão por matar Isabella Nardoni, Anna Carolina Jatobá pede regime semiaberto

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.