O senador Blairo Maggi (PR) cobrou a presidente Dilma Rousseff (PT) sobre uma definição do futuro do diretor-geral afastado do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Luiz Antônio Pagot (PR). Segundo reportagem do Estadão, Maggi considera um desrespeito a decisão da presidente em retardar o anúncio da demissão, que já estaria tomada. Pagot continua no posto devido ao pedido de férias e, como manda a lei, nenhum servidor pode ser demitido neste período.

No entanto, o senador mato-grossense afirma que a decisão não é jurídica e sim política e que isso não impede a demissão de Pagot do cargo. “Se querem mandar o cara embora mesmo, então mandem logo. O que eu não aceito é que vençam os 30 dias de férias dele, não apurem as denúncias ou não encontrem nada que o incrimine, e o mandem embora assim mesmo”, apelou Blairo à ministra das Relações Institucionais, Ideli Salvatti, e ao secretário-geral da Presidência, Gilberto Carvalho, aponta a reportagem.

Leia também:  Saúde faz mutirão no Assentamento Chico Mendes para a prevenção de doenças

A presidente já decretou: Luiz Antônio Pagot não voltará a comandar o Dnit assim que terminar seu período de férias. A presidente está irritada com a insistência no assunto e já fez o comunicado sobre sua decisão de não manter Pagot no posto para vários ministros. A irritação dela é pelas insistentes declarações de líderes da base aliada que admitem a possibilidade dele voltar a comandar a autarquia.

Pagot foi ao Senado na terça-feira (13) e na quarta-feira (14), à Câmara, para prestar esclarecimentos sobre as denúncias de corrupção no órgão, apontadas pela revista Veja, de que licitações seriam direcionadas para empreiteiras que teriam pago propina para integrantes da cúpula do ministério dos Transportes. Ele negou todas as acusações, mas o caso derrubou o ex-ministro Alfredo Nascimento e três assessores.

Leia também:  Prefeitura de Nova Bandeirantes é alvo de operação da PC contra desvio de dinheiro público

Pagot foi indicado pelo PR de Mato Grosso, através do senador Blairo Maggi, e ocupa a direção do departamento desde 2007.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.