Tenente demostrando forma correta de uso do extintor. Foto Ronaldo Teixeira / Agora MT

Corpo de Bombeiros alerta quanto ao uso correto dos extintores de incêndio, o tenente Ednaldo Fernando Rodrigues relata que o uso certo do instrumento pode evitar desastres maiores.

O tenente explica que os modelos mais comuns são o CO2 – gás carbônico, PQS – pó químico seco e AP – água pressurizada, porém cada tipo tem característica e finalidade própria.

O extintor do tipo CO2 deve ser utilizado nos incêndio originário de líquido combustível inflamável. O PQS em materiais elétricos e líquidos combustíveis. Para os produtos sólidos o indicado é o modelo AP. E todos possuem indicação quanto o tipo e forma de operação.

Ednaldo relata que os extintores são indicados para os princípios de incêndios e tem forma correta de manuseio. A começar do lacre que deve ser torcido e não puxado para que seja rompido. Outra observação do Tenente é que extintor deve estar na vertical e a mangueira direcionada sempre para a base do fogo para ter melhor resultado. No caso dos CO2 a pessoas devem segurar o punho da mangueira para não ter a mão congelada. “É preciso manter calma para agir de forma correta, pois diante do um princípio de incêndio, um minuto perdido pode fazer toda diferença.”, informou.

Leia também:  IFMT Rondonópolis abre 46 vagas para vestibular de nível superior

É necessário ter alguns cuidados com os extintores, como por exemplo, fazer a manutenção periódica, observar para que as mangueiras estejam sempre desobstruídas, a altura não pode ser superior a 1,60m e estar lugares de fácil acesso e visualização,. E recarregado, mesmo quando não utilizado completamente.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.