O australiano Casey Stoner suou, mas conquistou sua quinta vitória na temporada da MotoGP ao vencer, neste domingo, a etapa dos Estados Unidos do Mundial de Motovelocidade, em Laguna Seca. O líder do campeonato ampliou sua diferença em relação a Jorge Lorenzo, segundo colocado na competição e na corrida, para 20 pontos, graças a uma bela ultrapassagem nas voltas finais.

Jorge Lorenzo não deu chances na largada e saiu na liderança, enquanto Dani Pedrosa ultrapassou o companheiro de equipe Stoner logo na primeira curva. As primeiras voltas foram de muita pressão das Hondas sobre o atual campeão.

Marco Simoncelli caiu com 26 voltas para o fim, quando perseguia o pelotão da frente. O americano Ben Bostrom, chamado especialmente para a corrida em Laguna Seca como forma de atrair a torcida americana, também abandonou duas voltas depois.

Na frente, Lorenzo conseguiu um pequeno alívio graças a um duelo interno entre as Hondas – apresentando a maior aceleração na pista, Stoner se aproximou e passou a ameaçar Pedrosa, até ultrapassar o catalão com 15 voltas restando. O australiano não estava disposto a deixar o atual campeão escapar e diminuir a diferença no Mundial de Motovelocidade.

Pedrosa, ainda em recuperação após duas cirurgias na clavícula direita, ficou para trás, enquanto Stoner colou em Lorenzo a 11 voltas do fim. Quatro voltas depois, a diferença era mínima, e o piloto da Yamaha precisou de habilidade para evitar a ultrapassagem por dentro.

Com seis voltas restando, porém, aconteceu o inevitável. Stoner aproveitou o embalo na reta e tomou a dianteira por fora na Curva 2. A partir daí, o líder do campeonato continuou voando baixo e abriu vantagem em relação a Lorenzo. O duelo interessante entre Hondas e Yamahas passou a ser pela quarta posição, onde Ben Spies ameaçava Andrea Dovizioso. Piloto da casa, Spies fez a alegria de seus compatriotas ao passar o italiano na penúltima volta. Pouco depois, Stoner cruzava a linha de chegada com a roda dianteira empinada.

Confira a classificação final do GP de Laguna Seca:

1. Casey Stoner (AUS) – Honda HRC – 43m52s145
2. Jorge Lorenzo (ESP) – Yamaha Factory – a 5s634
3. Dani Pedrosa (ESP) – Honda HRC – a 9s467
4. Ben Spies (EUA) – Yamaha Factory – a 20s562
5. Andrea Dovizioso (ITA) – Honda HRC – a 20s885
6. Valentino Rossi (ITA) – Ducati – a 30s351
7. Nicky Hayden (EUA) – Ducati – a 31s031
8. Colin Edwards (EUA) – Yamaha Tech 3 – a 45s502
9. Héctor Barberá (ESP) – Ducati Aspar – a 51s549
10. Hiroshi Aoyama (JAP) – Honda Gresini – a 1m08s850
11. Karel Abraham (TCH) – Ducati Cardion AB – a 1m09s132
12. Loris Capirossi (ITA) – Ducati Pramac – uma volta
13. Toni Elias (ESP) – Honda LCR – uma volta

Abandonaram:
14. Alvaro Bautista (ESP) – Suzuki – a 19 voltas
15. Ben Bostrom (EUA) – Honda LCR – a 24 voltas
16. Marco Simoncelli (ITA) – Honda Gresini – a 26 voltas
17. Cal Crutchlow (GBR) – Yamaha Tech 3 – a 29 voltas

Advertisements
COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.