Jubileu de Prata da Diocese de Rondonópolis. Foto Varlei Cordova / Agora MT

Centenas de fieis se reuniram na Avenida Amazonas, na tarde deste domingo (10/07), para celebrar o Jubileu de Prata da Diocese de Rondonópolis. Católicos de 15 paróquias e um curato louvaram e recordaram os 25 anos de história e contribuição da igreja no município.

Com expressão de felicidade no rosto, o bispo Dom Juventino Kestering declarou que é uma honra e alegria poder presenciar mais esse momento da igreja em Rondonópolis e saber que no futuro outras pessoas vão comemorar o que foi realizado hoje. “É uma satisfação enorme poder comemorar o Jubileu de Prata da Diocese. Há 25 anos foi plantada uma semente que estamos colhendo hoje, o mais importante é ressaltar que estamos construindo uma história que será comemorada no futuro, e acredito que serão colhidos bons frutos”, externou o bispo convidando os fieis a trabalharem pregando a fraternidade e a cidadania.

Leia também:  Sesc Rondonópolis realiza desafio mix aeróbico neste sábado (08)

Francileide Fontinele, da paróquia Bom Pastor, disse que presenciou a criação da diocese e comemorar o Jubileu de Prata é uma emoção inenarrável. “É uma emoção muito grande, ver todas essa pessoas das paróquias juntas comemorando os 25 anos da Diocese. O mais gratificante é ter participado de todo esse processo e ver as contribuições da igreja para a sociedade”, declarou a fiel que está em preparação para ser ministra na igreja.

O prefeito, José Carlos Junqueira de Araújo, disse que a presença da igreja é muito importante para a formação da cidade, referindo se a vinda do bispo Dom Vunibaldo Talleur que trouxe as escolas públicas para o município, em uma época em que estudos era privilégio de poucos, além das ações de políticas públicas voltadas à população. “A igreja tem uma parcela significativa na construção de Rondonópolis, muitas das ações que beneficiam as pessoas carentes são reflexos das atividades e iniciativas da igreja, um exemplo, são as casas populares”, proferiu José Carlos elogiando o trabalhos do bispo, dos padres e dos irmãos e irmãs de trabalham nas igrejas.

Leia também:  CDL Jovem convida os lojistas para protestarem no dia 1º de junho

Além do prefeito e a primeira dama, Neuma Morais, estiveram presentes outras autoridades políticas, o deputado federal Wellington Fagundes e a esposa, os vereadores Ananias Filho (PR), Mohamed Zaher (PR), Olimpio Alvis (PR), Reginaldo Santos (PPS) e Luciene Lima (PP)

Programação

Entrada do Sagrado Coraçãio de Jesus, patrono da Diocese. Foto: Varlei Cordova/Agora MT

A cerimônia contou com muita música, um teatro recordando a história da Diocese em Rondonópolis, representantes, vestidos a caráter, dos Estados que contribuíram com a formação da cidade, que na oportunidade trouxeram, como oferenda, pratos típicos de cada região. Durante a missa de celebração foi lançado o livro ‘Diocese de Rondonópolis: trilhas e caminhos entre o sertão e as cidades’ com relatos dos 25 anos de história da Diocese.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.