FOTO VARLEI CORDOVA - AGORA MTA Secretaria de Agricultura de Rondonópolis se reuniu nesta tarde com órgãos do Estado para falar sobre a implantação do Programa Nacional do Crédito Fundiário na cidade. Mais de 120 famílias poderão contar com o benefício para comprar terra. O supervisor nacional do programa, Rodrigo Faccione, explicou que a iniciativa vem para somar, dando acesso para os produtores da região conseguirem um pedaço de terra.

“O objetivo central do Programa é de contribuir para a redução da pobreza rural e para  a melhoria da qualidade de vida, mediante o acesso a terra e o aumento de renda  dos trabalhadores rurais sem terra ou com pouca terra”, explica. O coordenador da Unidade Técnica Estadual do Crédito Fundiário (UTE), Amauri Campos, afirmou que essa será a primeira vez que o programa vai funcionar na cidade. “Em todo o Estado já foram atendidas mais de quatro mil famílias”, diz.

Para participar do processo de seleção as famílias devem se encaixar nos requisitos que são o de ser trabalhador rural e ter renda compatível. O valor que será liberado para compra através de financiamento não pode ultrapassar R$ 50 mil. “As próprias famílias é quem fazem a escolha da propriedade, depois da pré-seleção os cadastros serão analisados, momento em que o Estado vai verificar se o produtor se enquadra no programa. O interesse do Governo é dar condições para que essas famílias tenham sucesso com a aquisição”, fala.

 

Advertisements
COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.