Arquivo Agora MT

A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) foi aprovada com unanimidade nesta quarta-feira (27), em duas sessões, Ordinária seguida de uma Extraordinária, foram apresentadas cinco emendas e o presidente da Comissão de Finanças e Orçamentos, vereador Adonias Fernandes (PMDB) fez 83 indicações.

O sincronismo nas idéias entre os parlamentares foi um ponto observado pelo vereador Milton Mutum (PR), o que justificaria a baixa quantidade de emendas apresentadas. Mutum lamenta a participação pouco expressiva da população nas Audiências Públicas.

As emendas apresentadas buscam destinação maior de recurso para a Secretaria de Trânsito; que 40% da verba da Assessoria de Comunicação seja destinada a promoção de campanha voltadas para a saúde e educação no trânsito; a construção de banheiro em áreas públicas, a liberação de verba destinada a apoio à equipes de futebol amador e profissional que vá representar Rondonópolis em algum campeonato; e a supressão do artigo 24 da LDO que oferece autonomia para o prefeito José Carlos Junqueira de Araújo (PMDB) utilize 25% da receita para remanejamento.

Leia também:  Agora é Lei! Câmara aprova Projeto de Lei que isenta taxa de estacionamento em Shopping e afins

O presidente da Comissão de Finanças e Orçamentos apresentou uma indicação com 83 pontos para apreciação do prefeito na ocasião de elaboração Lei Orçamentária Anual (LOA), pois as indicações, relacionadas por secretarias, são resultados das três audiências públicas realizadas pela Câmara Municipal.

Adonias defende que para a LDO não é necessário apresentar tantas emendas, mas espera que o prefeito atenda as reivindicações da população relacionadas nas indicações apresentadas. “Na apresentação da LOA, que deve ocorrer até 30 de setembro, iremos observar se o prefeito contemplou ou não os anseios da comunidade”, concluiu o presidente da Comissão.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.