FOTO INTERNET

O Partido da República (PR) vai solicitar do secretário Estadual de Segurança, Diógenes Curado, proteção ao prefeito de Alto da Boa Vista, Vanderlei Perin (PR), que está ameaçado de morte desde que assumiu o mandato, no início de junho.

O prefeito relatou, durante encontro estadual realizado pelo PR nesta sexta-feira (01.07), na Associação Matogrossense dos Municípios, que tem sido ameaçado, assim como a sua família – o que lhe obrigou a retirar de Mato Grosso seus três filhos menores de idade.

Durante o encontro, Perin pediu a solidariedade dos membros do PR e garantiu que não vai deixar de fazer uma boa administração em Alto da Boa Vista, apesar das ameaças que têm recebido.

Leia também:  Que tal, macarrão com camarão para hoje?

Ele também alertou para um possível derramamento de sangue na região diante da decisão da Justiça Federal em promover a retirada de mil famílias que ocupam a fazenda Suiá Missu, que foi declarada “área indígena”. Segundo o prefeito, a região poderá viver uma situação de conflito sem precedentes. Perin pediu que o assunto seja levado ao conhecimento do Congresso Nacional.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.