Imagine a possibilidade de se prevenir contra quatro doenças tomando apenas uma pílula que, além de eficiente, tem um preço acessível. Parece muito bom e pode acontecer em alguns anos. Isso porque pesquisadores brasileiros estão finalizando e devem começar a testar um comprimido polivalente, que reunirá quatro medicamentos no controle de risco cardiovascular, pressão arterial e colesterol.

A polipílula combina os compostos da Aspirina (que previne entupimento dos vasos sanguíneos do coração) em baixa dosagem, a Sinvastatina (controlador de colesterol) e de dois medicamentos para controle da pressão arterial Lisinopril e Hidroclotiazida. A pesquisa está sendo feita por pesquisadores do Hospital do Coração (Hcor), em São Paulo, além de cientistas de outros seis países.

– Na primeira fase, com início em 2006, feita em sete países, 400 pacientes com risco médio de infarto ou derrame tomaram uma pílula por dia por quase cinco meses. Em todos esses países se viu uma redução de 60% no risco da pessoa sofrer um derrame ou infarto no futuro, além da redução na pressão arterial e no colesterol – diz o coordenador da pesquisa no Brasil, Otávio Berwanger.

A próxima fase agora é uma grande pesquisa envolvendo um maior número de pacientes e vários centros. No segundo semestre, serão contemplados pacientes mais graves que já tiveram AVC e infarto.

No Brasil, o estudo será coordenado pelo Instituto de Ensino e Pesquisa do HCor, em parceria com o Ministério da Saúde, e irá envolver duas mil pessoas em 22 hospitais, para o teste da eficácia total da polipílula.

– Durante um ano e meio, oito mil pessoas em quatro estudos diferentes que já tiveram infarto ou derrame vão tomar o medicamento. Só depois dessa nova pesquisa é que vai ser definida a eficácia da pílula em larga escala – explica Berwanger.

Leia mais sobre esse assunto em http://oglobo.globo.com/vivermelhor/mat/2011/06/30/pesquisadores-brasileiros-trabalham-para-criar-pilula-para-prevenir-quatro-doencas-cardiovasculares-924804635.asp#ixzz1QrBhuxsv
© 1996 – 2011. Todos os direitos reservados a Infoglobo Comunicação e Participações S.A.
COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.