TNG, Mixed, Triton e Cori apostam nos mantôs para essa estação

Os ponchos e mantôs, que são aquelas peças em forma de quadrado, sem abertura para mangas, deixam a produção de inverno charmosa, sofisticada e confortável. Nessa estação, o hit é apostar no mix desses dois itens.

Enquanto o poncho tem origem latina, o mantô vm do vestuário europeu da Idade Média. Algumas peças são bem étnicas (retratando os modelos usados por nativos do Machu Picchu). Já os modelos em tonalidades caramelo, que é a cor do inverno, tem  referências européias e são ótimos para criar sobreposições. O mantô nesse tom é o novo clássico para a estação.

Essa peça tão simples é atual, clássica, fina e neutra e é ideal para quem procura um look atemporal e confortável. O poncho fica ótimo em ocasiões informais. Nas situações mais formais, não deve ser usado, porque passa o conceito de algo extremamente confortável.

O poncho deve ser composto com peças mais ajustadas, pois já é um item bem amplo que não marca a silhueta. As skinnys, calças de couro, flares, colors, regatas, camisetas e blusas de malha são incríveis para a produção.

Prefira não combiná-lo com calça saruel, calças boyfriend e vestidos muito soltos. Se você quer parecer mais fina, marque a cintura com o cinto. Isso costuma deixar a produção mais arrumadinha e harmônica. Mas tome cuidado se você for baixinha e cheinha, pois esse truque pode achatar e alargar a sua silhueta. Se você é baixa e magra, fique à vontade para usar o cinto, mas opte pela tonalidade próxima ou igual a do poncho.

Procure equilibrar as peças de lã e tricô com tecidos mais leves. A dica é optar por tecidos mais finos com o toque mais pesado do mantô. Aposte em modelos amplos, com cintos, bolsos e com estilos diversos, afinal os ponchos são perfeitos para os dias de frio.

COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.