A equipe de professores e universitários integrantes do Projeto Rondon, na operação ‘Tuiuiu’ foram recepcionados de forma calorosa e animada na noite de segunda-feira (18) em Nova Olímpia com a apresentação da peça teatral ‘Bem Vindos à Secolândia’, pelo grupo NÓ no Cine Teatro Municipal.

Na oportunidade, o prefeito Dr. Francisco Soares de Medeiros, a primeira dama Maria José de Lima Medeiros (Zezita), secretários Cida Cassate (Educação) e Manoel da Costa Campos (Planejamento), Valdeci Gonçalves Braddock (departamento de Meio Ambiente), Genival Soares (Cultura) vereador Rímer de Oliveira, diretores de escolas, professores e grande público deram as boas vindas aos 17 acadêmicos das Faculdades Unic e Unochapecó e aos professores coordenadores Débora Ferreira (Unic), Angélica e Vitor Bocollon (Unochapecó) e o sargento do Exército Tavares Moreira.

Leia também:  BR-364 é interditada entre Rondonópolis e Cuiabá nesta terça

Na oportunidade, o prefeito Dr. Francisco destacou que os Rondonistas, além de ensinar, vão aprender muito na convivência com a população novaolimpiense, levando informações importantes em diversas áreas para  servidores públicos e população em geral. Ele também lembrou que a Prefeitura é parceira do Projeto.

A coordenadora da Unic, Débora Ferreira, pediu para a comunidade valorizar e aproveitar cada momento, participando das oficinas nas mais diversas áreas do conhecimento. “As oficinas acontecem na escola Sagrado Coração de Jesus em três períodos. Na zona rural, dedicaremos todo o domingo na comunidade Rio Branco”, informou, destacando que a procura pelos cursos foi além da expectativa.

Segundo a professora, os acadêmicos vão atuar na área de comunicação com mostra itinerante de documentários, criação de Blog e oficina conhecendo a comunicação. Desenvolverão atividades de capacitação para funcionários da Vigilância, produtores locais e ou manipuladores de alimentos, em higiene e segurança alimentar.

Leia também:  Em visita técnica, equipe da Sema conheceu de perto a estrutura da Itaipu Binacional

Na área ambiental, as atividades estarão voltadas para criação de cooperativa para fazer a triagem dos resíduos produzidos na cidade, implantação de unidade de compostagem, viveiro florestal de espécies nativas, preservação, manutenção e recuperação das APPs, coleta seletiva, reciclagem do lixo orgânico, sustentabilidade local com plantas nativas do município e produção de mudas e coleta de sementes.

Segundo a professora também vai ser trabalhado com sensibilização no atendimento ao público, administração financeira, relações interpessoais, cooperativismo, associativismo e empreendedorismo. E ainda, haverá oficinas de esportes, doenças endêmicas, saúde bucal e sexual e Educação Inclusiva.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.