FOTO INTERNET

Cerca de 400 funcionários públicos estaduais de quatro categorias de Mato Grosso, que estão em greve, percorreram em protesto na tarde desta quinta-feira (28) as principais avenidas do centro de Cuiabá. Em comum entre os movimentos está a reivindicação de reajuste salarial para os trabalhadores.

Participaram da manifestação os servidores do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), da Secretaria de Meio Ambiente de Mato Grosso (Sema) e os investigadores e escrivães da Polícia Civil. As três últimas greves foram declaradas ilegais pela Justiça. No caso dos investigadores e escrivães, o governo do estado informou que não vai apresentar uma nova proposta de reajuste salarial. Já o secretário de Meio Ambiente, Alexander Maia, afirma que aguarda o retorno dos servidores ao trabalho, já que a greve foi considerada ilegal. E o presidente do Detran, Teodoro Lopes, também pede que os funcionários do órgão voltem a trabalhar para retomar as negociações.

Leia também:  Morre aos 86 anos a 1ª prefeita de Várzea Grande e ex-deputada de MT
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.