Brasileiros comemoram um ponto na partida contra a China (Foto: Helena Rebello / Globoesporte.com)

A torcida pediu bis, e os jogadores atenderam. Após assistir à seleção feminina conquistar o primeiro ouro do país na modalidade nos Jogos Mundiais Militares, a equipe masculina repetiu o feito sobre a China para reinar absoluta no lugar mais alto do pódio. Com facilidade, os comandados de Flávio Marinho bateram o time asiático por 3 sets a 0 (parciais de 25/16, 25/15 e 25/15) e ajudaram o Brasil a se firmar como primeiro colocado no quadro de medalhas da

O Brasil se impôs desde o princípio, com Raphael usando toda a força do elenco na distribuição. Vini, Thiago Sens e Renato se alternaram nas primeiras comemorações e deixaram a seleção com cinco pontos de vantagem antes da primeira parada técnica. Com bons serviços dos ponteiros, a margem foi ampliada até o Brasil fazer 19/12. Os dois tempos solicitados pelo técnico chinês não surtiram efeito, e a seleção seguiu com o massacre. Explorando o bloqueio, Paulo Victor marcou 25/16.

O segundo set começou como uma reprise do anterior. Após pausa solicitada quando o Brasil fez 5/1, os visitantes até impuseram alguma resistência. Mas, no serviço de Paulo Victor, a seleção sobrou e voltou a se distanciar no placar: 12/6. Raphael sentiu o bom momento do oposto e o acionou sempre que possível, quase sempre com sucesso. Em mais um saque do atleta do Rio de Janeiro, o Brasil fechou a parcial em 25/15.

No terceiro set a China foi para o tudo ou nada e saiu na frente. Em um choque com Lucas enquanto tentava a defesa, Paulo Victor levou a pior e ficou alguns minutos estendido na quadra. Passado o susto, o oposto voltou a partida e levantou o público ao pontuar mais uma vez. Quando a jogada foi bem marcada, Douglas e Vini se tornaram boas opções pelo meio, e Thiago Sens brilhou na ponta. Com o resultado na mão, Hélio Griner deu chance a Alemão e Gelinski. Das mãos do jovem atacante, veio o ponto do título: 25/15.

COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.