Depois de tentar conseguir, sem êxito, convencer um deputado da região sul “colaborar” com uma boa grana para arrendar um jornal da região, agora o pedido foi para tentar uma “colocação” de um parente como nomeado no gabinete do deputado.

O parlamentar que costuma ser avesso a mídia, principalmente quando se trata de investimentos, também, despistou e disse que o momento não era propício e que não haveria vagas. “Olha no momento ainda está meio difícil. Ainda tenho dividas de campanha a ser quitadas”, disparou o parlamentar.

A informação chegou até a Coluna Bastidores, por assessores diretos do deputado, que costumam fazer o papel de uma espécie de guarda-costas do cônjuge do parlamentar, que revelaram ainda que a investida e a insistência dos “novos” amigos estariam incomodando e desagradando a esposa do deputado.

O parlamentar, por sinal, é bem servido de assessoria de imprensa, pois é diário o envio de matérias e sugestões de pauta através do jornalista contratado pelo gabinete.

COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.