Reunião entre vereadores e servidores administrativos. Foto da assessoria

O representante do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Rondonópolis (Sispmur) juntamente com os Assistentes Técnicos, Agentes e Auxiliares Administrativos solicitaram apoio dos vereadores, na tarde desta terça-feira (12/07) após a Ordem do Dia, para articular uma audiência com o prefeito José Carlos Junqueira de Araújo/Pátio (PMDB), pois a categoria não obtém êxito nas tentativas de negociação.

Wellington Portela, representante do Sispmur, argumentou que foram inúmeros os ofícios com pedidos de audiência e quase todos sem respostas e as poucas vezes em que a categoria se reuniu com o prefeito não evoluíram nas negociações. “Queremos uma resposta, o prefeito atende ou não o pedido da categoria”, relatou Portela.

De acordo com o sindicalista, a reivindicação dos servidores é que Pátio iguale as categorias, pois existem três nomenclaturas com remunerações diferentes para uma mesma função, mas o Chefe do Executivo justifica que não é possível atender ao pedido dos administrativos.

Portela declarou que os servidores estão decepcionados com o descaso do prefeito e alega que a retórica da falta de recurso é inconsistente, pois foi demonstrado que o impacto não chega a 3% na folha de pagamento. Na apresentação dos fatos aos vereadores, o representante do Sispmur deixou claro que existe um interesse de greve geral dos servidores em razão do não comprometimento do prefeito com os trabalhadores, em todos os setores.

O agente administrativo, Carlos Borges, disse que já perdeu a esperança de chegar a um acordo com o prefeito e acredita que somente com o apoio dos vereadores terão alguma resposta positiva.

O vereador Lourisvaldo Manoel de Oliveira / Fulô (PMDB) disse que realmente a tentativa de negociação está complicada, mas que é solidário a causa dos servidores e irá apoiar a decisão dos trabalhadores, mas pediu paciência na tentativa de negociação.

O presidente da Câmara Municipal, vereador Ananias Filho (PR), se pôs a disposição dos servidores e declarou que vai tentar abrir um canal de negociação com o prefeito. “Nós vereadores vamos nos empenhar para resolver essa situação. Espero que até na próxima sexta-feira tenhamos a data da audiência entre os servidores e o prefeito”, conclui.

As três categorias totalizam atualmente 160 trabalhadores que trabalham no setor administrativo da prefeitura municipal.

Além de Ananias e Fulô, também estavam presentes na reunião os vereadores Reginaldo Santos (PPS), Adonias Fernandes (PMSB), Luciene Lima (PP) e Milton Gomes da Costa/Miltão (PMDB) e apóiam a busca dos servidores

COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.