O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014, Ricardo Teixeira, se desentendeu com jornalistas ingleses nesta sexta-feira (29).

Durante evento de inauguração dos estandes das 12 cidades-sedes do Mundial, no Rio de Janeiro, o mandatário discutiu com representantes da imprensa britânica e os teria chamado de “corruptos”.

Ricardo Teixeira discutiu com jornalistas britânicos e, segundo relatos, os chamou de "corruptos"

O incidente ocorreu no momento em que Ricardo Teixeira, ao lado de outras autoridades, caminhava para o palco onde neste sábado (30) será realizado o sorteio das chaves das eliminatórias para o Mundial. O mandatário estava nos degraus da escada que dá acesso ao local, quando jornalistas ingleses que acompanhavam o grupo tentaram entrevistá-lo. O presidente da CBF se recusou a falar e teria ofendido os britânicos.

Leia também:  Inscrições abertas para estadual de tênis em Cuiabá

Teixeira tem uma relação de ódio com a imprensa inglesa desde que os jornais do país apresentaram denúncias de corrupção contra ele. Em entrevista recente à revista Piauí, o mandatário brasileiro revelou sua insatisfação e disse que “infernizaria” a vida dos britânicos.

Dentre as principais acusações está a feita pela BBC, que aponta Teixeira e o ex-presidente da Fifa, João Havelange, seu antigo sogro, como uns dos recebedores da propina paga pela ISL, que foi parceira comercial da entidade.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.