Foto: arquivo / AGORA MT

Senador Blairo Maggi (PR) admitiu que a saída do partido do bloco de apoio ao governo federal, no Senado, é sinal de que a situação não é mais a mesma entre a sigla e a presidente Dilma Rousseff (PT). O anúncio feito ontem pelo senador Magno Malta (ES) é interpretado por Maggi como “posição de independência”. Avisa que a partir de agora o PR vai se posicionar seguindo via partidária e não da liderança de bloco

Advertisements
Leia também:  De olho na vaga

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.