Getty Images

Para quem pensa que a água termal é apenas uma frescurinha de endinheirados, vale dizer que não é bem assim. Cada vez mais popular – há opções de R$ 12 disponíveis no mercado -, o produto tem grande efeito cicatrizante e hidratante.

Flávia Addor, coordenadora do departamento de cosmiatria da Sociedade Brasileira de Dermatologia, aponta seus benefícios:

-As águas termais ajudam a suavizar irritações e melhorar elementos da barreira cutânea, pois contêm oligoelementos, sais minerais importantes em ambos os processos.

Veja aqui opções de águas termais

Maria Alice Gabay, dermatologista da Sociedade Brasileira de Dermatologia, vai além.

– Na França, onde o termalismo é levado muito a sério, existem águas termais para todo tipo de indicação: problemas reumatológicos, respiratórios, digestivos e dermatológicos. Por isso, é preciso que tenha ação terapêutica validada por estudos científicos criteriosos.

Leia também:  Veja os benefícios da borra de café nos cuidados com a pele | Moda e Beleza

Modo de usar o produto

A melhor forma de utilizá-la é diretamente sobre a pele, após a higienização. Para quem acredita que borrifá-la sobre a maquiagem vai deixar o visual mais bonito e viçoso, a médica alerta: a pele deve estar limpa, só assim terá efeito completo. Em casos de sensibilidade e eczemas, Maria Alice indica usar compressas para acalmar a pele. E dá outra dica:

– Se a água termal for guardada na geladeira, melhor, pois o frio tem efeito anestésico e ajuda a acalmar a pele mais rapidamente.

Flávia, especialista em cosmiatria, explica que as águas termais são interessantes apenas como coadjuvantes.

– Elas não substituem o hidratante em peles secas, pois não repõem a parte lipídica.

Olhar a força do jato spray também é importante. Se tiver feito um peeling, o jato pode sensibilizar ainda mais a pele. Nestes casos, busque os produtos que pulverizam melhor o conteúdo.

Leia também:  9 perguntas que as mulheres devem fazer ao ginecologista

As especialistas avisam ainda que usar soro fisiológico em um borrifador não substitui o uso das águas termais, pois os sais são diferentes.

Dicas na hora da compra

Flávia diz que não existe indicações de água termal por tipo de pele. Também não há contra-indicação. Mas, se você busca uma ação mais específica ou tem problemas de pele, melhor consultar um médico antes de ivestir nos produtos, como ensina Maria Alice.

– Se o paciente desejar uma ação refrescante em períodos de grande calor, qualquer uma servirá. Entretanto, se o paciente busca um real benefício para a pele, apenas o dermatologista saberá indicar qual a melhor em função do quadro clínico do paciente.

Leia também:  Como controlar as alergias respiratórias

Para quem vai comprar água termal, Maria Alice ensina o que se deve levar em consideração.

– Como consumidora, eu atentaria para questões como: o nome da fonte é citada na composição do produto? Existe um filme protetor envolvendo o spray? Qual a força do spray? É um jato forte ou uma fina bruma ao ser espirrada no rosto? Isso mostra a preocupação do laboratório.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.