Os voluntários da Cruz Vermelha de Rondonópolis estiveram na Aldeia Tadarimana ontem juntamente com parceiros para realizar o 1º Mutirão no local. Mais de 450 índios vivem a aldeia e foram beneficiados com atividades de entretenimento e serviços.

A diretora da Cruz Vermelha, Jovelina Marques, contou que entre as atividades estavam o campeonato de futebol masculino e feminino, construção de pipas, entrega de roupas e bolitas. A Secretaria de Meio Ambiente entregou mudas de árvores frutíferas para que os índios plantem na aldeia, além de terem feito uma sala de filmes para que os nativos aprendam mais sobre a natureza.

No local foram feitos 60 cortes de cabelos e 42 emissões de documentos como RG e certidão de nascimento com a colaboração da Assistência Social do município. O INSS também participou das atividades levando informação como a da aposentadoria, por exemplo. Na aldeia foi servido um almoço levados pelos voluntários com a ideia de interagir com os indígenas. A diretora afirmou que essa semana os voluntários vão voltar na aldeia para realizar o preventivo nas mulheres. Também foram parceiros o Corpo de Bombeiros, a empresa de ônibus Cidade de Pedra e os estagiários da UFMT.

Leia também:  Veterinário do Indea morre em Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.