FOTO VARLEI CORDOVA - AGORA MT
Muitas pessoas aproveitam a feira agropecuária para ganhar um dinheiro extra. No recinto é possível encontrar variedade no ramo de alimentação. Edvandro Domingos da Silva aproveita o movimento da Exposul para vender cachorro quente. De acordo com ele já fazem oito anos que ele participa da festa e que o trabalho que tem durante os nove dias de festa é compensador.

Já José Gozzi tem ainda mais tempo de exposições, ele que é do Londrina viaja durante todo o ano acompanhando as feiras agropecuárias, trabalho que já dura mais de dez anos. Gozzi tem um carrinho de doces, segundo ele em Rondonópolis o “coquinho é o mais pedido pelos rondonopolitanos.
[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=z-fpiYRmEuI[/youtube]

Leia também:  Coder recebe o 1º grupo de recuperandas do presídio feminino em projeto social
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.