FOTO ASSESSORIA

O Bolsa Família é um programa de transferência direta de renda com condicionalidades, que beneficia famílias em situação de pobreza e de extrema pobreza. No entanto, quando a Prefeitura Municipal faz o repasse mensal do valor destinado pelo Governo Federal ao programa, não só os beneficiários saem ganhando, mas a cidade como um todo se beneficia.

Como explica a secretária de Promoção e Assistência Social, Neuma de Morais: “são mais de R$ 850 mil repassados mensalmente para a economia local; este dinheiro é usado pelos beneficiários para honrar suas despesas, e esse dinheiro injetado no comércio reverte a favor da sociedade”, destaca a secretária.

Este valor é referente ao montante transferido as 8.140 mil famílias que recebem o benefício em Rondonópolis. “Em sua última projeção o Ministério do Desenvolvimento Social e do Combate à Fome (MDS) estipulou a inserção de 8.740 mil famílias rondonopolitana no Programa Bolsa Família; destas nós já inserimos 8.140 mil. E o valor mensal repassado a estas famílias reflete positivamente na economia local”, diz Márcia Rotili, coordenadora do Departamento de Proteção Básica da Assistência Social.

Leia também:  CONPeduc 2017 discute educação e política

A beneficiária Claudete Rodrigues dos Santos, desempregada e mãe de dois filhos, fala sobre a importância do benefício. “Eu recebo um valor mensal que me ajuda em várias despesas, principalmente na minha alimentação e dos meus filhos; por isso eu digo que para mim o programa é muito importante”.

 

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.