Foto Ronaldo Teixeira / Agora MT

Reeducandos da Penitenciária Major Eldo Sá Correa, em Rondonópolis, foram ao cinema assistir o filme ‘Os pinguins de papai’, a atividade faz parte da programação da 5ª Semana de Ressocialização que teve início nesta segunda-feira (22/08) e terminará no próximo sábado (27/08), a iniciativa da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), por meio da Fundação Nova Chance (Funac) desenvolve atividades em todo o Estado e tem o objetivo de promover a ações mais humanas com os reeducandos.

Creuza Ribeiro, educadora na Mata Grande, afirmou que os reeducandos beneficiados com o direito de ir ao cinema apresentaram bom comportamento durante o ano. Segundo Creusa, a semana de ressocialização leva os reeducandos a refletirem sobre os crimes que cometeram.

As atividades desenvolvidas na semana da ressocialização têm resultados positivos, segundo a educadora, pois os reeducandos se sentem valorizados como pessoas e isso desperta o interesse de mudança de atitude em muitos dos reeducandos.

“Na última edição ficamos temerosos em expô-los, pois a sessão ocorreu às 14 horas, mas para nossa surpresa eles afirmaram que foi a melhor experiência que tiveram”, mencionou Creusa e lembrou que muitos passam tanto tempo na penitenciária que perderam a noção de como é a realidade fora das grades.

O gerente do shopping, Giovane Zem, afirmou que apoia e ressocialização e acredita que toda pessoa é merecedora de uma segunda chance, e dar a oportunidade do reeducando participar de uma sessão no cinema é tratá-lo como igual.

Dos 630 reeducandos 34 presos, participaram do evento que contou com o apoio de agentes prisionais, professores da Mata Grande e policiais militares.

Semana de ressocialização

Com o tema ‘Ressocializar para Construir’ a 5ª Semana de Ressocialização tem como objetivo a humanização da passagem do detento na instituição carcerária. A pena de prisão determina nova finalidade, com um modelo que aponta que não basta castigar o indivíduo, mas orientá-lo dentro da prisão para que ele possa ser reintegrado à sociedade de maneira efetiva, evitando com isso a reincidência.

Para o desembargador e secretário de Justiça e Direitos Humanos, Paulo Lessa, a Semana de Ressocialização é importante, pois além de mostrar os trabalhos realizados com os reeducandos, estimula para que possam ser reinseridos na sociedade, após o cumprimento da pena. Outro fator positivo é a melhor compreensão da lei 12.403 pela população.

COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.