A Comissão de Apoio ao Movimento dos Estudantes do Mercosul realizará nesta sexta-feira (12/08), às 14 horas, na Câmara Municipal de Rondonópolis, uma reunião com os presidente da  Associação Nacional dos Pós-Graduados em Instituições Estrangeiras de Ensino Superior, (ANPGIEES), professor e mestre Vicente Celestino, onde abordarão a necessidade de mobilização dos estudantes em prol da desburocratização do processo de revalidação no Brasil

A representante da comissão de apoio aos estudantes do Mercosul, Sebastiana Braga, informou que cerca de 270 alunos em Rondonópolis concluirão a graduação até o final de ano e que terão dificuldade para revalidação o diploma. “Estamos nos mobilizando para que o tratado do Mercosul seja cumprindo em Rondonópolis, assim como acontece em outros municípios, pois quando terminamos o mestrado nosso certificado não é reconhecido”, declarou.

Sebastiana informou ainda que os vereadores estarão presentes na reunião e também professores, prefeitos e secretário de municípios vizinhos para debater o assunto. Na cidade de alguns dos visitantes a livre docência é aceita sem barreiras, os graduados são reconhecidos como mestres.

De acordo com Sebastiana, em alguns Estados a revalidação do diploma é automática e tramita em Brasília, alguns projetos que visam facilitar ainda mais o reconhecimento do certificado de graduados do Mercosul.

Na ocasião também será aborda a abertura de uma extensão da Associação Nacional com representantes em Rondonópolis/MT.

Advertisements
COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.