Foto: assessoria

O deputado estadual, Ondanir Bortolini –Nininho (PR) acompanhou a bancada federal matogrossense composta por deputados federais e senadores, juntamente ao governador, Silval Barbosa que estiveram reunidos no gabinete do senador, Blairo Maggi (PR), em Brasília para discutir sobre a possibilidade de discutir o corte de verbas para o Estado, diante da crise econômica.

Nininho aproveitou a oportunidade para cobrar empenho dos legisladores federais e senadores para a liberação de uma emenda parlamentar do ex-senador Gilberto Goellner de R$ 24 milhões para que seja empregada em infraestrutura. Ele requereu ainda que outra emenda de Goellner, de R$ 1,5 milhão seja empenhada o quanto antes para a construção da UTI Pediátrica, em Rondonópolis.

O deputado estadual acompanhou ainda o prefeito de Alto Taquari, Maurício de Sá e entregaram a representante da bancada federal e a Silval uma cópia das pautas de reivindicações levantadas durante o 5º Fórum da Tríplice Fronteira (MT-MS e GO) realizado em Alto Taquari sobre a necessidade de pavimentação das MTs 100 e 110. “Queremos que essa emenda de Goellner de R$ 24 milhões seja emprega para corte e pavimentação de cinco serras da MT 100, assim já permite o trânsito de caminhões pesados”, destacou o republicano.

Leia também:  Silval delata Maggi, senadores, deputados e TCE

O secretário Estadual de Saúde, Pedro Henry também acompanhou a comitiva que seguiu a Brasília e fez coro com o legislador estadual ao cobrarem a liberação de uma segunda emenda de Goellner que será para a adequação do quarto piso da Santa Casa para abrigar a UTI Pediátrica e a Neonatal. Nininho destacou a importância desse pleito, já não há em toda Região Sul, composta por mais de 500 mil habitantes, uma Unidade de Terapia Intensiva Infantil.

A necessidade de investimento no modal rodoviário do estado foi tema do 5º Fórum das Tríplices Fronteiras (Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul), que reuniu a sociedade civil organizada e a classe política estadual no evento promovido em Alto Taquari, no último final de semana. Produtores cobram investimento em pavimentação asfáltica para a MT-100, que liga Barra do Garças a Alto Araguaia e para a MT-110, entre a BR-364 e a MT-070, no município de Primavera do Leste. O deputado estadual Ondanir Bortolini – o Nininho (PR) participou do evento e cobrou do Estado investimento nas duas rodovias, inclusive um projeto de engenharia para corte e pavimentação de cinco serras na MT-100.

Leia também:  Homologada licitação para Ganha Tempo em Rondonópolis

Nininho enfatizou que ambas MTs podem ser federalizadas, mas enquanto isso não ocorrer é necessário que o Governo do Estado, responsável pelas rodovias, as mantenha em condições de trafegabilidade. “Estamos trabalhando junto ao governo para liberação de recursos as duas rodovias, que são extremamente importantes para o escoamento da produção agropecuária da região”, enfatizou o deputado. Ele informou que a MT-100 começa em Barra do Garças, passa por Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho ainda por Torixoréo e ao terminal da ferrovia ALL, em Alto Araguaia.

Há necessidade de melhorar os pontos críticos de cinco serras localizadas na região do araguaia, localizadas nos trechos de interligação entre os três estados: Serra da Arnica, Araguainha, Cachão, São João e Serra Vermelha. Todas localizadas na MT-100.

“Os produtores estão cobrando mais uma via de escoamento da produção. A estrada ainda não foi projetada e nem pavimentada. Precisa de um projeto de engenharia, que abrange o corte da serra para diminuir os pontos de perigo e pavimentação. Só com infraestrutura quem produz naquela região terá um retorno financeiro melhor”, avaliou o parlamentar. No Fórum da Tríplice Fronteira, Nininho aproveitou a presença da classe política e de agricultores para informar que a Assembleia Legislativa está trabalhando pelo Araguaia e cobra investimentos no modal rodoviário.

Leia também:  Com EP lançado este ano, Hottel Casablanca fala da expectativa de tocar no Cerrado Fuzz

A pavimentação da MT-110 foi outra reivindicação apontada durante o Fórum. A rodovia fará a ligação da BR-364, em Alto Garças, passando por Guiratinga, Tesouro até a MT-070, chegando em Primavera do Leste. Ambas MTs têm processo de federalização em análise, em Brasília. Isto é, podem passar a ser competência da União, conforme informou o autor da solicitação, o deputado federal Wellington Fagundes.

Como o Governo Federal ainda não acenou positivamente para esse pleito, o deputado estadual, Nininho frisou que estará cobrando do governo de Mato Grosso, uma saída para o gargalo do escoamento da produção na região do araguaia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.