A necessidade de investimento no modal rodoviário no estado foi tema do 5º Fórum das Tríplices Fronteiras (Mato Grosso, Goiás e Mato Grosso do Sul), que reuniu a sociedade civil organizada e a classe política estadual no evento promovido em Alto Taquari, no final de semana. Produtores cobram investimento em pavimentação asfáltica para a MT 100, que liga Barra do Garças a Alto Araguaia e para a MT 110, entre a BR 364 e a MT 070, no município de Primavera do Leste. O deputado estadual, Ondanir Bortolini –Nininho (PR-MT) participou do evento e cobrou do Estado investimento nas duas rodovias, inclusive o desenvolvimento de um projeto de engenharia para corte e pavimentação de cinco serras na MT 100.

Leia também:  Serviços de Cidadania atrai milhares de pessoas à Caravana da Transformação

Nininho enfatizou que ambas MTs podem ser federalizadas, mas enquanto isso não ocorre é necessário que o Governo Estadual, responsável pelas rodovias as mantenha em condições de trafegabilidade. “Estamos trabalhando junto ao Governo a liberação de recursos para destinar as duas rodovias, que são extremamente importantes para escoamento da produção agropecuária da Região”, enfatizou o deputado. Ele informou que a MT 100 parte de Barra do Garças, passa por Araguainha, Ponte Branca, Ribeirãozinho levando a Torixoréo e ao terminal da ferrovia ALL em Alto Araguaia.

Há necessidade de melhorar os pontos críticos de cinco serras localizadas na Região do Araguaia, localizadas nos trechos de interligação entre os três estados. Nininho elencou entre elas, a Serra da Arnica, Araguainha, Cachão, São João e Serra Vermelha. Todas localizadas na MT 100.

Leia também:  UFMT realiza o 3º fórum de meninas digitais com inscrições gratuitas

“Os produtores estão cobrando mais uma via de escoamento da produção. A estrada ainda não foi projetada e nem pavimentada. Precisa de um projeto de engenharia, que abrange o corte da serra para diminuir os pontos de perigo e pavimentação. Só com infraestrutura quem produz naquela Região terá um retorno financeiro melhor”, avaliou o parlamentar. No Fórum da Tríplice Fronteira, Nininho aproveitou a presença da classe política e de agricultores para informar que a Assembleia Legislativa está trabalhando pelo Araguaia e cobra investimentos no modal rodoviário.

Foto: assessoria

A pavimentação da MT 110 é outra reivindicação apontada no Fórum. A rodovia fará a ligação da BR 364, em Alto Garças passando por Guiratinga, Tesouro até a MT 070, chegando em Primavera do Leste. Ambas MTs tem processo de federalização em análise, em Brasília. Isto é, podem passar a ser competência da União, conforme informou o autor da solicitação, o deputado federal, Wellington Fagundes.

Leia também:  Alunos de escola pública visitam aldeia indígena como presente de Dia das Crianças

Como o Governo Federal ainda não acenou positivamente para esse pleito, o deputado estadual, Nininho frisou que estará cobrando do Governo de Mato Grosso uma saída para o gargalo do escoamento da produção na Região do Araguaia.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.