Foto: Arquivo Agora MT

O projeto Rotativo Rondon (antigo zona azul) deve ser votado na sessão desta quarta-feira (17) com seis emendas ao projeto original. Dentre elas está indenização aos proprietários dos veículos em caso de roubo ou furto, regulamentação do quadrilátero de onde funcionará a cobrança (Dom Wunibaldo, Presidente Kennedy, Pedro Ferrer a Floriano Peixoto) e o fim do estacionamento privativo das farmácias. “Esta emenda, inclusive, atende uma notificação do Ministério Público”, comentou o presidente da Câmara Municipal, Ananias Filho (PR).

Por duas semanas, a Câmara Municipal vem protelando a votação do projeto retirado da pauta para emendas e na semana passada, como o presidente estava em Brasília e outros parlamentares faltaram à sessão, foi adiada novamente a votação da matéria.

Leia também:  Vereador solicita reforma de ponte e garante o conserto do poço artesiano que abastece a região

Protocolado pessoalmente pelo o prefeito José Carlos do Pátio (PMDB), no mês de junho, o projeto de lei que cria o estacionamento rotativo, consiste na implantação de parquímetros na área central, sendo a proposta inicial de cobrar uma tarifa de R$ 1,50 por hora. Pela proposta da prefeitura, a cobrança seria apenas no perímetro que compreende as Avenidas Marechal Rondon e Cuiabá e Ruas João Pessoa e Dom Pedro II.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.