Foto Internet

A Lei da Ficha Limpa pode não valer para as próximas eleições começando pela municipal a ser realizada em 2012. O supremo Tribunal Superior Federal (STF) informou que a Corte pode declarar a lei inconstitucional devido a algumas normas existentes no regulamento.

O presidente da Câmara Municipal, Ananias Martins Filho (PR), afirmou que o maior responsável para que a Lei funcione é o povo. “A melhor forma de fazer valer a Lei é a população deixar de votar nos políticos que não tem a Ficha Limpa. Com o não cumprimento de um regulamento criado a pedido da própria sociedade estaremos retrocedendo, mostrando que uma lei que já foi aprovada não está sendo cumprida”, conta.

Para o presidente do Partido dos Trabalhadores (PT), Mauro Campos, o cancelamento da lei será um desrespeito com a população. “A sociedade está descrente com a classe política e essa lei mostra a vontade do cidadão de resgatar a política no país. Com a suspensão da Ficha Limpa o interesse político será mais beneficiado do que o da sociedade. Com certeza a população vai se rebelar contra a classe caso a lei seja invalidada”, fala.

Segundo o presidente do Partido Social Cristão (PSC), Ildo Rodrigues, a validação da Ficha Limpa é emergencial. “O PSC apoia a ética na política e essa seria uma forma de mostrar as ações que tem denegrido a classe. Quem tem a maior responsabilidade de mostrar a índole de um cidadão é a justiça, isso daria à população a capacidade de conhecer os candidatos”, alega.

A Lei viria para fortalecer a democracia, o cidadão teria a chance de escolher pessoas idôneas, afirma o advogado eleitoral e presidente do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), Efrain Alves. “Será lamentável, já que essa seria a grande oportunidade de moralizar a política, se a lei não for validada a classe vai ser ainda mais hostilizada pela sociedade. Sem a Ficha Limpa a legislação vai continuar permitindo que candidatos corruptos com o passado manchado continuem disputando de igual para igual com os outros”, diz.

 

 

COMPARTILHAR

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.