Arquivo Agora MT

O vereador e ex- líder do prefeito, Lourisvaldo Manoel de Oliveira, o Fulô (PMDB), denunciou na tribuna da Câmara, nesta quarta-feira (17), que, segundo informações que chegaram a ele, o espaço destinado ao Centro de Atendimento Integrado à Saúde da Mulher (CAISM) servirá para abrigar a Policlínica. “O povo precisar saber a verdade, a clínica da mulher não vai funcionar”, desabafou.

O peemedebista disse que os equipamentos que foram comprados para ao CAISM foram adquiridos ainda na administração do ex-prefeito Percival Muniz (PPS), e que os mesmos já estão obsoletos. Fulô lembrou que a licitação para a construção da clínica foi realizada na gestão de Adilton Sachetti (sem partido), porém, segundo o vereador, foram identificados alguns problemas que fizeram com que a empreiteira responsável pela obra fosse mudada, atrasando ainda mais a construção do CAISM. 

Para finalizar, o peemedebista disse que, seis meses depois de pronta, a clínica já foi pintada duas vezes. “Estou com vergonha, pois isso foi acontecer logo na Vila Operária. Essa clínica da mulher não vai ser entregue. Chega de mentiras para o povo”, assegurou o vereador, que ameaçou ainda ir até o local com um megafone para fazer tais denúncias à população. “O povo não aguenta mais tanta promessa”, reclamou Fulô.

Advertisements
Leia também:  Rondonópolis sedia 6º Encontro Nacional de Motociclismo

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.