Foto: arquivo / AGORA MT

Os investigadores e escrivães da Polícia Civil se reuniram hoje em uma assembleia geral, em Cuiabá, para que o governo apresentasse uma tabela com a negociação para por fim a greve da categoria que já se estende por mais de um mês, mas infelizmente o acordo foi adiado pelo governo.

O presidente do Sindicato dos Investigadores da Polícia Civil e Agentes Prisionais de Mato Grosso (Siagespoc), da sub sede local, investigador Reginaldo Negrão explicou que o presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, José Riva, e o secretario de Estado de administração, Cesar Zilio, estiveram no local e remarcaram a negociação para terça-feira.

Negrão falou que após o encontro que acontece na semana que vem é possível em 90% que haja a volta ao trabalho. “Mas se o governo adiar novamente por qualquer imprevisto a categoria vai suspender 100% os serviços e a greve volta ser por tempo indeterminado”, diz.

Leia também:  206 vagas de empregos para Rondonópolis (02/05)
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.