Foto: assessoria

A associação de Moradores do Globo Recreio se reuniu na prefeitura Municipal de Rondonópolis com os vereadores Adonias Fernandes (PMDB), João Gomes (PR), Cido Silva (PP) e com o gerente de departamento Averbação e Cartografia, Francisco Lopes Pereira, para discutir a revogação do decreto de lei nº 2.393 de 06 de março de 1990, que declara de utilidade pública uma área com cinco alqueires, a ser destinada para construção do aterro sanitário municipal, onde atualmente vivem 36 famílias.

De acordo com um dos moradores, Antônio Cláudio Gomes, que vive no local há 12 anos, a falta de escritura tem dificultado a vida de todos que buscam melhorar sua fonte de renda. “Há um bom tempo a gente vem brigando para regularizar a situação destas famílias, para que todos possam fazer investimentos e conseguir junto aos bancos financiamento com o objetivo de melhorar a vida, mas só agora junto com os vereadores podemos começar a ter esperança de ter nossas escrituras” desabafou.

Leia também:  Governo dá primeiro passo para concessão do Marechal Rondon e mais 4 aeroportos de MT

Segundo Adonias Fernandes, será agendada uma reunião com o prefeito José Carlos do Pátio (PMDB), para discutir a revogação do decreto, para só então criar um projeto de lei para regularização do local. “Já descobrimos o que está impedindo a regularização da área, o próximo passo agora é sentar com o prefeito e discutir a revogação do decreto, que cria o aterro sanitário naquela localidade. Todos nós sabemos que aquela área já está no perímetro urbano do município, o que já impede do local se tornar o aterro. Agora vamos trabalhar em conjunto com os demais vereadores uma medida jurídica para legalizar a situação daquelas famílias”.

Para o vereador João Gomes, a situação dos moradores do Globo Recreio, precisa ser acompanhada de perto pelo poder Executivo, no que tange a melhoria das condições de vida da população. “É impressionante o que estas famílias passam sem a escritura de suas terras, são diversos e altos investimentos por parte dos sitiantes para poder tirar do solo o sustendo das suas famílias e o poder executivo precisa regularizar essas terras o mais rápido possível e realizar a pavimentação da linha do ônibus no Globo Recreio”.
Ainda não há data para a reunião com o prefeito.

Leia também:  Reclamações de energia elétrica lideram ranking no Procon de Rondonópolis
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.