O ministro dos Transportes, Paulo Sérgio Passos, exonerou Nilton de Britto do cargo de superintendente da Superintendência Regional do DNIT em Mato Grosso (DNIT/ MT). A decisão foi publicada no “Diário Oficial da União” desta sexta-feira (19). O nome do substituto não foi indicado.

Britto havia solicitado a demissão após denúncias de superfaturamento em obras de rodovias. Ele era homem de confiança de Luiz Antônio Pagot, ex-diretor-geral do Dnit, que também pediu demissão.

Segundo denuncias os representantes do PR, partido ao qual pertencem o ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento e a maior parte da cúpula do ministério, funcionários da pasta e de órgãos vinculados teriam montado um esquema de superfaturamento de obras e recebimento de propina por meio de empreiteiras.

Leia também:  Anthony Garotinho é preso no Rio de Janeiro
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.