foto da assessoria

O bom momento para a agricultura e pecuária no estado de Mato Grosso devem impulsionar a movimentação financeira de compra e venda de produtos agropecuários oferecidos aos empresários que visitam a 39ª edição da mais tradicional feira do Sul do Estado, a Exposul. O deputado estadual, Ondanir Bortolini – o Nininho participou da abertura do evento, no último sábado (seis de agosto), ocasião em que enfatizou o crescimento do evento, que arrecadou R$ 64 milhões no ano passado e tem por meta ultrapassar R$ 70 milhões em comercializações nesta edição.

“É um evento que a cada ano cresce mais. Tem tudo a ver com a economia do nosso, pois a agropecuária é nossa mola propulsora. Fico contente com o trabalho realizado pelo Sindicato Rural, que possibilita a realização de negócios e lazer para as famílias”, destacou o parlamentar. Nininho lembrou que o município desponta como pólo industrial no Estado, atraindo investidores que buscam no município, que é entroncamento de três rodovias, o local para instalação de suas empresas.

Leia também:  TSE manda PT, PMDB e mais 5 partidos devolverem mais de R$ 7 milhões ao erário

“Todos querem redução de custos com logística, que será oferecido pelo acesso facilitado às rodovias e pela chegada dos trilhos da ALL na cidade, além da proximidade com a matéria-prima. Rondonópolis tem-se mostrado a menina dos olhos, por isso, acreditamos que essa Exposul baterá sim recorde de negociações”, falou o parlamentar.

Diante desse contexto de desenvolvimento do município, o legislador arrisca que nos 40 anos de Exposul, a serem comemorados em 2012, será mantida essa meta ascendente de comercialização. Embora esteja contente com a perpectiva de bons negócios, Nininho lamentou que no primeiro dia de festa tenha ocorrido um homicídio no parque. “Faço um apelo à população para que venha para esse espaço com a intenção de praticar lazer. Às famílias, ressaltamos que a Exposul é um local seguro, com mais de 600 seguranças e câmeras filmadoras espalhadas por todos os lados”.

Leia também:  Atacadão não tinha alvará de combate a incêndio

O presidente do Sindicato Rural, Miguel Weber disse que o fato ocorrido está nas mãos da polícia e garante que as famílias podem vir tranqüilas. Sobre essa edição da Exposul, ele está otimista e mantendo a expectativa de ultrapassar os R$ 70 milhões em negócios. Weber destacou ainda que nesse ano, a feira apresenta uma versão inovadora, pois deixa de ser terceirizada para ser gerenciada pela diretoria da entidade. “Estão todos convidados a participar dessa grande festa do Sul do Estado”, disse o presidente do Sindicato.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.