Foto: arquivo / AGORA MT

O Partido da República (PR) e o Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB) podem unir forças nas eleições de 2012 em Rondonópolis, pelo menos essa foi a avaliação feita nesta segunda-feira (08/08), pela Secretária Estadual de Desenvolvimento do Turismo, Teté Bezerra (PMDB), durante entrevista ao programa Revista da Cidade. “Acredito que é possível PMDB e PR caminharem juntos nas eleições de 2012 em Rondonópolis, participamos do mesmo arco de aliança de 2010 ao governo do estado e o PR é da base de sustentação do governador Silval Barbosa (PMDB), isso seria até natural”, avaliou Teté.

Ainda segundo a secretária, já existiria até uma conversa com a direção executiva do partido em Rondonópolis sobre este assunto. “Já mantive uma conversa com a professora Paula da Costa que é a presidente do partido aqui em Rondonópolis sobre este assunto, eu já venho conversado com o deputado Wellington Fagundes (PR), neste sentido”, revelou.

Leia também:  Com 63 vagas para professores UFMT abre inscrição nesta segunda (23)

Nas eleições de 2008, o PR lançou o nome do empresário Adilton Sachetti, hoje sem partido, para disputar a reeleição, na época o PR também teve chapa “pura” na majoritária e nas proporcionais, sendo o candidato a vice- prefeito, o economista e empresário João Antônio Fagundes (PR). Já o PMDB, lançou o nome do então deputado estadual, José Carlos do Pátio (PMDB), a prefeitura, o nome indicado para completar a chapa foi de Marília Salles (PSDB), esposa do ex-prefeito e ex-governador Rogério Salles (PSDB).

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.