O PSDB deve se reunir nesta terça-feira (15/08), para discutir a possibilidade da vice-prefeita, Marília Salles (PSDB), não, assumir o comando da prefeitura Municipal de Rondonópolis, por um período de 15 dias, conforme anunciado pelo AGORA MT e confirmado pelo prefeito José Carlos do Pátio (PMDB), na última sexta-feira (12/08).

Segundo presidente do partido em Rondonópolis e procurador geral do município, Efrain Alves, a reunião tem a finalidade de avaliar o prazo de licença do prefeito de 15 dias e se realmente será possível o partido mostrar seu estilo de administração em um período tão curto, “Vou marcar uma reunião do partido para juntos avaliarmos se realmente será possível o PSDB em um período de 15 dias mostrar a população de Rondonópolis seu estilo de administrar e até mesmo, tentar conseguir maiores informações sobre quando e por quanto tempo será a licença de Pátio, que tem declarado que não será candidato a reeleição”.

Leia também:  “É necessário ser pai do seu filho antes que o traficante o adote”, diz participante do Proerd

Efrain ainda descartou qualquer possibilidade do ex-prefeito e ex-governador, Rogério Salles (PSDB), desistir da candidatura a prefeito do município nas eleições de 2012, por conta da sua esposa assumir a prefeitura, “A candidatura de Salles nas eleições de 2012, não sofrerá alterações por conta da vice-prefeita, assumir o comando do município, o PSDB tem projeto próprio e agora estamos em fase de buscar  outras siglas para construir uma aliança para o próximo pleito”.

Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.