Durantes dois dias Rondonópolis está sendo responsável por receber um importante evento para o funcionalismo público regional. Acontece no Mon Jardin Hotel desde a manhã desta quinta-feira (25), o 4º Seminário Regional do Simples Nacional para servidores do quadro de tributação ligados ao município, estado e governo federal. O evento é realizado pela Prefeitura contando com diversas parcerias e ocorre até esta sexta (26). Sendo utilizadas palestras e capacitações para interagir os quase cem participantes. A intenção é treinar os mesmos a executarem a legislação e operacionalização do setor de arrecadação pública corretamente, mediante as novidades constantes.

Um dos coordenadores do seminário, Adimar Rezende do Carmo, comemora o acontecimento do evento em Rondonópolis. Adimar que é membro da Confederação Nacional dos Municípios – CNM, avalia que vindo também para o interior esta capacitação consegue atingir um número mais abrangente de servidores públicos. “Conseguimos descentralizar o Simples Nacional. E com este evento de hoje e um próximo que vamos levar para Sinop, alcançamos a realidade do funcionalismo também de centros importantes fora da capital”, garante.

Leia também:  Justiça concede liminar contra Lei de estacionamento no Shopping

Adelino Francisco dos Santos atua na Receita Federal. Esteve presente no 4º seminário como mais um divulgador da importância do Simples Nacional. Segundo ele apesar do nome indicar diferente, o serviço precisa de um bom preparo para ser aplicado pelos servidores. “A intenção é de fato disseminar o Simples Nacional. A legislação em torno dele é um tanto quanto complexa, mas extremamente necessária a sua compreensão pelos servidores para atingirmos um nível de excelência nos atendimentos”, define.

Os maiores beneficiados segundo os organizadores, são os contribuintes que têm na capacitação dos servidores a certeza de um atendimento mais ágil. Para a secretária da Receita Municipal, Regina Celi Marques Ribeiro, tanto os microempresários, pequenos empresários e o próprio empreendedor individual serão melhores amparados nesse sentido. Dentro de um processo necessário, segundo ela, de evolução constante do funcionalismo público. “Qualificar os servidores é sempre necessário. Não só no nosso setor de arrecadação, mas em todos os outros, é nosso bem servir o cidadão em seus anseios”, conclui.

Leia também:  Gerente de Relações do Governo do BNDES estará na CDL
Advertisements

Comentários

*Os comentários aqui publicados são de responsabilidade dos usuários e não representam a opinião do site.